segunda-feira, 3 de agosto de 2009

"Fazedor de pom pom"

Sempre quis experimentar esses "Fazedores de pom pom" que vejo vendendo por aí.

Eu faço usando rodelas de cartolina ou semelhante. Mas ter que ficar fazendo bolinhas com compasso toda hora é meio chatinho.


Resolvi aproveitar aquela "comprinha de lãs" que fiz no Bazar Horizonte para encomendar um.

Resultado .... gostei muito, ele tem 3 possibilidades de tamanho, fica muito bonitinho e é bem fácil de usar. Se alguém estiver pensando em comprar dou a maior força.

10 comentários:

Larissa Nascimento disse...

Com certeza são ótimos... os meus são de pode de sorvete recortado no formato.. hehehe

Monica disse...

Deve ser muito prático mesmo, mas e então, vai mostrar o resto das coisas que vieram naquela caixona do Bazar Horizonte?????huahuahauha
bjos

Regina disse...

Monica foi só isso e mais umas argolinhas marcadoras de pontos. Só viu?!eheh

disse...

Então dá certo mesmo? Sabe que tenho aqueles da pingouim (e antes papelão, claro)e há um tempo atrás, comprei esse...brigadinha pelo teste:)
bjos

Márcia disse...

Legal! Assim que eu puder gastar vou comprar .... rsrsrs. Vc ainda é chique fazia os círculos com compasso eu usava xícara de café ou chá para riscar meu círculo na cartolina... hehehehe! Beijão!

Eden disse...

Olá Regina.
Vou aproveitar a dica e ver se arranjo uns para mim.
Também utilizo a técnica da cartolina, que é mesmo um pouco chata.
Beijinho.

Denise disse...

Sempre quero comprar, mas penso duas vezes e decido ficar com meus círculos de papelão...kkk
Mas agora, com sua dica....:)
beijos

denise ribeiro dal negro disse...

Eu resolvi comprar também um kit, faz 5 tamanhos.

Mas ainda não usei, espero que seja fácil. ah ah ah

Trekos e Trekinhos disse...

Regina, olá!
Faz tempo que quero comprar um desses tb, mas vou sempre adiando...agora com sua dica vou comprar. Eu faço os meus com circulo de papelão tb, hehe. Mas realmente é chato vc ter que fazer o circulo todo vez...cansa.
Brigada pela dica, gostei do seu blog!
Bjoks!

Lucy disse...

Menina, aqui no Sul não achei não...