segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Gorro Lavoisier

Uma amiga está de mudança de casa e resolveu aproveitar a oportunidade para esvaziar os armários.

Como ela sabe que estou sempre envolvida em um monte de programas sociais, me mandou de tudo um pouco para ser reaproveitado.


Entre outras coisas veio um saco cheio de restos de lãs (meus olhos brilharam!) e lá pelo meio tinha um cachecol amarelo todo feito em ponto tricot e abandonado pela metade.

Coisa de tricoteira que cisma e nem Deus demove para continuar um trabalho que a gente num tá gostando! Alguém já ouviu falar nessa cisma????

Daí peguei, desmanchei mais um pedaço, arrematei, franzi e ..............virou um gorro!!! Mais um que vai pra gurizada da ABRACE.

"Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma" - Lavoisier

16 comentários:

carmen disse...

Regina,

Conta essa historia direitinho......(risos).
Essas suas amigas são otimas......
Beijos

Regina disse...

Oi Carmen tô com saudades. O pessoal já foi? A história é essa mesma, por mais incrivel que pareça.bjoss

Anônimo disse...

Pois ficou uma gracinha...
Vontade e iniciativa prá transformar.
Serão estes os ingredientes para a criação?
Conheço de perto esta cisma que vc. fala. Mas já pensou na energia estagnada em um trabalho inacabado? Ando me policiando prá terminar (tudo ou quase tudo)que começo.
Abraços.
Judy

Marcele disse...

Oi Rê,
Mas só tu mesmo para enchergar num pedaço de cachecol abandonado um gorrinho para fazer mais uma criança feliz!!! Parabéns!!!
Bjss
Marcele

Pri Tricotando disse...

Obrigada pela visita!
Amei os Sapatinhos pena q eu ñ sei fazer trico! rsrsrs
Beijinhos

Pri Tricotando disse...

Ah os sapatinhos são de crochet eu me confundir rsrsrs
Mas mesma assim são lindos!
pena q vc ñ tem a receita!
Beijinhos

Monica disse...

Adorei o resultado do gorro pela simplicidade.
bjos

Carmen disse...

Hummmmmmmmm, gostei da fadinha fazendo trico, cuidado que começa assim, depois vem outras coisas.
Beijos.

Regina disse...

Ah Carmen ela é lindinha, né? E não se mexe!eheh Bjoss

Judy por isso só começo uma coisa de cada vez ultimamente. bjoss

Márcia disse...

Ô se conheço essa cisma.... E não adianta mesmo que não vai pra frente e o negócio é desmanchar e começar outra coisa, né? Beijão, :o)

Drica disse...

q legal...eu tbm tenho uns trabalhinhos começados e acho q só no proximo inverno termino...hehehe

Anônimo disse...

Eu tô parecida com esta fada, pego no tricot mas não me mexo, eis o porquê de tanta demora em terminar (eheh). Diferentemente de outras fadas do tricot que cada dia traz um encanto novo.

Bjs.

Sua fã, Judy

Anônimo disse...

Olá Regina,
O gorro ficou lindo.
Mas o que há a realçar é a sua força para transformar com a intenção de o oferecer a alguém que precise.
Um beijão ,marianela

Anônimo disse...

Oi. É a primeira vez que visito o seu blog e gostei muito. No entanto, tenho uma pergunta: o que é um ponto de borda?
É que em algumas receitas diz para deixar 1 ponto de borda....
Obrigada e continue com o bom trabalho

syl disse...

Oi Regina. faz alguns dias ganhei agulhas de trico de uma amiga. Ela me ensinou a encher a agulha e o ponto trico. Pensei comigo:vou embora até acabar o novelo e me faço uma echarpe; comecei com linha em vez de lã. Que surpresa hoje ao encontrar seu gorro de cachecol e minha filha sempre pedindo uma touquinha;Tô super feliz por ter finalizado meu 1ºtrabalho: uma touquinha cor de rosa!

Regina disse...

Oi Syl adorei seu comentario. Fiquei feliz em ter participação no seu primeiro trabalho, espero que seja o primeiro de muitos! Apareça mais. Bjoss